Segundo informações nessa semana Temer esteve reunido com o Presidente nacional do PRB, logo após essa reunião, o Presidente do PRB se encontrou com a deputada Tia Eron. A deputada, que tinha o voto decisivo e poderia decidir o destino de Eduardo Cunha e honrar o Brasil, não compareceu na sessão do Conselho de Ética. Mesmo sabendo que é um presidente golpista e ilegítimo, é muito triste ver o que o grupo de Temer está fazendo com o Brasil

A denúncia foi feita pelo jornalista Felipe Pena do Jornal Extra que ainda afirmou que uma das estratégias combinadas entre Temer e o pastor do PRB foi a falta da deputada na sessão, afirma o jornalista. Em seu lugar, assumiria o deputado Marun, do PMDB, que é aliado de Cunha e foi o primeiro a chegar na sessão. A estratégia não se concretizou, pois, o presidente da comissão de ética percebeu a maldade e suspendeu a sessão.

 

Outra estratégia de Michel Temer para salvar o mandato de Eduardo Cunha é aprovar as mudanças no processo de cassação na CCJ. Temer já deu seu aval ao presidente do PRB, que é seu ministro.

Advertisements