Mandela, Lula e Gandhi: O que esses líderes têm em comum ?

Nelson Mandela foi um líder rebelde e, posteriormente, presidente da África do Sul de 1994 a 1999. Principal representante do movimento antiapartheid, considerado pelo povo um guerreiro em luta pela liberdade, era tido pelo governo sul-africano como um terrorista e passou quase três décadas na cadeia. Foi duramente perseguido por aqueles que dominavam o poder na África do Sul.

Mohandas Karamchand Ghandi foi um líder espiritual e pacifista indiano. Nasceu na cidade indiana de Bombaim, no ano de 1869. Atuou também contra o domínio britânico na Índia. Gandhi defendia a criação de um estado autônomo na Índia. Em função destas posições foi preso várias vezes pelos britânicos. Gandhi foi um dos principais personagens pela independência da índia, foi perseguido e assassinado.

Luiz Inácio Lula da Silva, em 1980, aliou-se a intelectuais e a outros líderes sindicais, para fundar o PT (Partido dos Trabalhadores), do qual se tornou presidente. No ano seguinte, liderou nova greve de metalúrgicos, foi preso e teve seu mandato sindical cassado. Um dos líderes mais perseguidos da história do Brasil,  Lula fundou a CUT, Central Única dos Trabalhadores, organizou a classe operária por avanços trabalhistas. Despertou a ira dos mais ricos e da velha política ao se tornar o primeiro presidente operário da história do Brasil. Retirou milhões de famílias da miséria, foi o precursor de vários programas sociais. Atualmente Lula sofre a mais dura perseguição em toda sua história, em um conluio de grandes potências como os Estados Unidos junto com empresários, políticos e judiciários, tentam prender Lula, assim como fizeram com Mandela.

Mandela, Lula e Gandhi pagaram o preço por defender os mais pobres e os que não tinham voz diante das classes dominantes e elite política, três lideres que possuem biografias muito parecidas com a de Jesus Cristo, também perseguido pelo grande capital por defender os humildes.

Advertisements