A primeira distinção entre o sujeito de direita e o de esquerda é a compreensão da solidariedade humana.
Enquanto o reacionário pensa no estado mínimo,  soltando as amarras da economia e deixando a classe trabalhadora desprotegida, o socialista sabe que o mercado tem e precisa ser regulado.
Aqui é importante a lição de Marx sobre alienação. O burguês – controlador dos meios de produção – nunca será afetado pela classe trabalhadora, que é alienada e não percebe que apenas labora para enriquecer mais a elite dominante.
A outra distinção básica diz respeito com a qualidade dos argumentos. O esquerdista é mais iluminado, Tem mais preparo intelectual.
Já no reino da direita impera a lumpemburguesia, uma elite que não consegue concatenar debates mais elaborados,  que prefere bater panela e que tem no ódio a sua causa maior.
Seu discurso era macarthista: fora PT. Suas manifestações beiravam o ridículo,  usando patos como elemento simbólico de sua pouca inteligência.

Wallace Martins é advogado.

 

Advertisements